26 de jan de 2016

GOIRIZ CONVIDADO DE HONRA DO ANGELO AGOSTINI DESTE ANO

As 15:00 do dia 30 de janeiro de 2016, o Memorial da América Latina abrigará o debate: "Brasil e Paraguai unidos pelo traço". O convidado especial, Roberto Goiriz, mostrará um painel da nova HQ paraguaia,trocando ideias e debatendo com André Toral e Eduardo Vetillo (ambos publicaram os Quadrinhos "Adeus Chamigo Brasileiro" e "A Retirada da Laguna", sobre a Guerra do Paraguai), mediação de Nobu Chinem.
QUEM É GOIRIZ?
Entrevista traduzida de:
http://www.portalguarani.com/748_roberto_goiriz.html
Nasceu em Assunção, Paraguai, em 1961.
Iniciou sua carreira profissional no Diario ABC Color, com 16 anos, ilustrando o suplemento escolar e publicando seus primeiros trabalhos de humor gráfico.
Em 1978, ganhou o segundo lugar do Concurso Nacional de Humor Gráfico, organizado pelo diario La Tribuna. Trabalhou neste jornal, publicando desenhos e quadrinhos; depois passou para o mercado publicitário, como ilustrador. Paralelamente, expõe, coletiva ou individualmente, em varias galerias de arte e centros culturais de Assunção, e logo no Brasil e Europa.
Em 1980 cria, com Moreno e Argüello, a primeira revista de HQ do Paraguai: “Quimera”.
Em 1983 retorna aos jornais, trabalhando no Diario Ultima Hora, onde desenvolve propostas de humor, HQs e ilustrações. Cria, com Moreno e Nico, la revista de humor e quadrinhos “El Raudal”.
Em 1986 muda para São Paulo, Brasil, para colaborar com a editora Press e revistas da editora Abril, desenhando no estúdio Ely Barbosa. Regressa ao Paraguai em 1989, e volta para o meio publicitário, trabalhando para agências como Biedermann/Ogilvy & Mather (diretor de arte), Mass/Leo Burnett (diretor geral de criação) e Bilbao/Young & Rubicam, ganhando inúmeros prêmios de criatividade.
Paralelamente segue com seus projetos em Quadrinhos, com editoras como El Lector, através da qual volta a publicar El Raudal, como revista em Quadrinhos. Também publica dois livros com esse selo editorial, um de contos e um romance. Em 1991, participa da criação do primeiro curso paraguaio de Desenho Gráfico, na Universidad Católica de Asunción, onde se torna professor na Casa de Estudos, na área de Desenho e Ciências da Comunicação.
Edita novamente “El Raudal”, como semanário de humor, durante o ano de 2003, através de seu próprio selo editorial, “Tinta Paraguaya”. Membro fundador do Círculo de Creativos del Paraguay. Criador do festival de ideias, “Tatakua”, que premia a criatividade publicitária. Criador da mostra “Cháke!”, que congrega a produção paraguaia de humor gráfico e quadrinhos.
Publica o livro "Historia del Humor Gráfico en Paraguay" na Espanha, através da editoria Milenio e Universidad de Alcalá de Henares.
Atualmente, através de sua empresa Goiriz Imagen & Cía., divide seu tempo entre criações, publicidade e HQ.
Publica seus trabalhos no mercado norteamericano e italiano, através de editoras como “Arrow Publications” e “Eura Editoriale”, com roteiros de Robin Wood.
Pode-se ampliar suas informações sobre o artista na web: http://tintapy.blogspot.com ou na página http://www.goiriz.com

21 de jan de 2016

NOVA VOTAÇÃO, DESTA VEZ, NA ABRAHQ

A AQC parabeniza a Academia Brasileira de Histórias em Quadrinhos pela iniciativa da votação dos melhores do ano que passou. Votação importante que vai se somar a outras, como Angelo Agostini e HQmix em Sampa, no reconhecimento aos quadrinhistas brasileiros que estão na luta do Quadrinho nacional no dia-a-dia. Os parabéns pela iniciativa våo para a batalhadora incansável Agata Desmond, que esteve ao lado do Mestre -e editor dos clássicos gibis da Bloch- Edmundo Rodrigues por décadas e encampou com unhas e dentes a sua ideia de se criar uma Academia das HQs!
FESTA DO QUADRINHO NACIONAL NO RIO
Festa do I PRÊMIO ABRAHQ Quadrinhos terá, além do coquetel e premiações, show da cantora do The Voice, Karina Duque Estrada vai cantar e encantar a todos (promete uma apresentação mega especial de Liza Minnelli).
Dia 29/1, 19h. No auditorio de Cinema da Universidade Estácio de Sá, do Rio Comprido/ RJ. Entrada Franca.
VOTAÇÃO
Acesse o blog da ABRAHQ http://www.academiabrasileiradehqs.blogspot.com.br/2016/01/premio-abrahq.html conheça os indicados e vote.
Mais informações na página do FB:
https://www.facebook.com/Academia-Brasileira-de-Historia-em-Quadrinhos-1589270674641607/ Vamos prestigiar o Quadrinho nacional!

AS NOVIDADES DE UM FANZINEIRO QUE ESTÁ EM TODAS

Denilson Reis já foi premiado no Troféu Angelo Agostini em 2012, com seu fanzine Quadrante Sul.
Ele é professor de História, guitarrista de blues e fanzineiro. Editor do fanzine Tchê desde 1987. Publica as revistas Quadrante Sul e Peryc, O Mercenário. Ganhador do Troféu Risco em 1988, com o fanzine Tchê, e do Prêmio DB Artes em 2010, com a revista Quadrante Sul. Publicou no livro Raízes de Alvorada em 2006, textos sobre a História de Alvorada/RS.
http://visaoandf.blogspot.com.br/2012/10/quadrantinos-na-feira-do-livro-de-porto.html
Participou do Festival de Internacional de Quadrinhos (FIQ-BH), Gibicon Curitiba, participou e ajudou a organizar vários eventos no Rio Grande do Sul, como Usina de Quadrinhos (Canoas), Feira do Livro (Porto Alegre) e a 1ª Geek Weekend.
http://rquadrinhos.blogspot.com.br/2014/08/como-foi-6-usina-de-quadrinhos.html Aqui ele foi entrevistado por Fabio da Silva Barbosa: http://www.quadrinho.com/2012/2012/08/denilson-reis-25-anos-de-quadrinhos/
Improvisou um Blues com Bira Dantas:
https://www.youtube.com/watch?v=oouo7UHtklo Confiram vídeo de cobertura do 1º M.O.C.A. realizado em Alvorada/RS. https://www.youtube.com/watch?v=vR9af6uZv74
Você pode ter mais informações através dos Blogs:
Fanzine Tchê -
http://tchezine.blogspot.com/
Quadrante Sul -
http://quadrantesul.blogspot.com/
Peryc, O Mercenário -
http://perychq.blogspot.com/

BLOG E FÓRUM BACANAS PRA QUEM CURTE WESTERN

A AQC recomenda o blog do Afrânio Braga, ele é autor do blog Blueberry http://blueberrybr.blogspot.com.br/ e administrador do Fórum TexBR. Seu conhecimento dos Quadrinhos de Western faz com que seja parada obrigatória para todos que queiram saber mais sobre este estilo de narrativa que saiu dos EUA, ganhou a Itália, França, Brasil e o mundo todo. http://www.texbr.com/forum/

32º PRÊMIO ANGELO AGOSTINI ACONTECERÁ NO DIA 30/01

Release Cida Cândido (*)
Prêmio homenageia os destaques do quadrinho nacional do ano de 2015 e reúne profissionais e amantes da arte sequencial para comemorar o Dia do Quadrinho Nacional.
No sábado, 30 de janeiro, a partir das 13 horas, os fãs e admiradores das histórias em quadrinhos poderão acompanhar a entrega do 32º Troféu Angelo Agostini, no Memorial da América Latina, Auditório da Biblioteca Latino-americana. Com entrada gratuita, o evento contará com a presença do cartunista paraguaio Roberto Goiriz, convidado especial, vendas de HQs e debates.
Além da premiação para os artistas nacionais que se destacaram em 2015 com votação aberta ao público, o evento marca a abertura da exposição “CHÁKE: Paraguai e Brasil unidos pelo Traço”, que reunirá trabalhos de artistas brasileiros e paraguaios com curadoria de Bira Dantas e de Roberto Goiriz (convidado especial), que contará sobre suas obras que retratam a história do Paraguai e sua trajetória e militância em prol dos quadrinhos no país durante o debate “Brasil e Paraguai unidos pelo traço” (15h).
Serão onze premiados em oito categorias escolhidos por meio da votação realizada entre profissionais da área, estudiosos, amadores e aficionados pelos quadrinhos nacionais para as categorias de: Melhor Desenhista; Melhor Roteirista; Melhor Cartunista; Melhor Lançamento; Melhor Lançamento Independente; Melhor Fanzine; e também os Troféus Jayme Cortez e Mestres do Quadrinho Nacional – que homenageiam artistas que tenham se dedicado aos quadrinhos há pelo menos 25 anos. A votação foi encerrada no dia 15.
Comemorado em 30 de janeiro, o “Dia do Quadrinho Nacional” foi criado em homenagem a Angelo Agostini criador da primeira História em Quadrinhos brasileira em arte sequencial e com um personagem fixo, lançada em 30 de janeiro de 1869. Para homenagear a data, a AQC-ESP (Associação dos Quadrinhistas e Cartunistas do Estado de São Paulo) criou, em 1984, o Prêmio Angelo Agostini que visa homenagear e premiar os profissionais brasileiros da arte sequencial.
O que: 32º Premio Ângelo Agostini Quando: 30 de janeiro (sábado), das 13h as 18h Onde: Memorial da América Latina, Auditório da Biblioteca Latino-americana Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 (ao lado do Metrô Barra Funda) Entrada Franca
PROGRAMAÇÃO
13h - Abertura do evento com a participação de João Batista de Andrade (Presidente do Memorial) e Prof Marília Franco (Gerente do CBEAL-Memorial) - Apresentação de Lidiany Schuede
13h - Abertura da exposição "CHÁKE! Paraguai e Brasil unidos pelo traço" – Curadoria: Roberto Goiriz e Bira Dantas.
13h - Abertura do Espaço dos Independentes e do stand da COMIX BOOK SHOP
13h30 – Os 50 anos do 1º Fanzine Brasileiro, por Gonçalo Jr. Apresentação: Gazy Andraus
14h - Debate: Novos caminhos para a HQ infantil – Por Cesar Cavelagna, Carlos Avalone e Julio Cesar Maga. Mediação: Alexandre Silva
15h - Debate: “Brasil e Paraguai unidos pelo traço”. O convidado especial, Roberto Goiriz, mostrará um painel da nova HQ paraguaia, trocando ideias e debatendo com André Toral e Eduardo Vetillo. Mediação de Nobu Chinem.
16h30 - In Memoriam (homenagem aos artistas falecidos em 2015) - Noviski (PR), Esmeraldino (AL), Paulo Hamazaki e Ismael dos Santos (SP).
16h40 - Entrega dos Troféus Angelo Agostini aos melhores de 2015.
18h – Encerramento
SOBRE ANGELO AGOSTINI
Nascido em 1843 na cidade italiana de Vercelli , Piemonte, Angelo Agostini foi o primeiro artista de quadrinhos do Brasil e um dos primeiros do mundo. Cartunista, caricaturista, ilustrador e crítico, Angelo Agostini passou sua infância e adolescência em Paris e chegou em 1859 na cidade de São Paulo. Foi o criador da primeira História em Quadrinhos brasileira em arte sequencial e com um personagem fixo, lançada em 30 de janeiro de 1869.
(*) Assessora de Imprensa especializada na área de cultura alternativa - livros; HQ; gibiterias; eventos: anime e mangá, tatuagens, feira de artes e artesanato... Contato: Fones (11)8997-4865 / 3255-8993 E-mail cida.candido@uol.com.br
http://cidacandido.blogspot.com.br/
Agradecemos especialmente ao Marcio Baraldi, o cartunista mais Rock'n Roll do Brasil, que todo ano ajuda de forma especial na produção da exposição e assessoria de imprensa. E a competente Cida Cândido, que mais uma vez nos assessora nesta etapa tão importante para qualquer evento: a divulgação e promoção.
http://www.marciobaraldi.com.br/

E OS PREMIADOS DE 2016 SÃO...

Temos a honra de anunciar, com 1.659 votos apurados...
Melhor Desenhista
- DI AMORIM (Steampunk Ladies)
Melhor Roteirista
- ALEX MIR (Valkíria/Orixás)
Melhor Cartunista
- BRUM (O Menino da Laje 8/Brummmmm!!)
Melhor Lançamento
- VALKÍRIA - A FONTE DA JUVENTUDE (Alex Mir e Alex Genaro - Ed. Draco)
Melhor Lançamento Independente
- NOS BASTIDORES DA BÍBLIA - ÊXODO (Carlos Ruas e Leonardo Maciel)
Melhor Web Quadrinho
- NUVENS DE VERÃO (Charles Lindberg e Israel de Oliveira/LAMEN-leialamen.com.br)
Melhor Fanzine
- PEIBÊ (Beralto/IFF - Macaé)
Prêmio Jayme Cortez
- GIBITECA DE SANTOS
MESTRES DO QUADRINHO NACIONAL
- CARLOS PATATI, CHRISTIE QUEIROZ e MARCATTI
PROGRAMAÇÃO OFICIAL
13:00 Abertura com a participação de João Batista de Andrade (Presidente do Memorial) e ProfaMarília Franco (Gerente do CBEAL-Memorial) - Apresentação de Lidiany Schuede Abertura da exposição "Brasil-Paraguai - CHÁKE! – Curadoria: Roberto Goiriz e Bira Dantas. Abertura do Espaço dos Independentes e do stand da COMIX BOOK SHOP Lançamentos de "Motim à Bordo" e "Zôo City" (SESI-SP) com tarde de autógrafos e caricaturas com o autor Eduardo Vetillo
13:30 Os 50 anos do 1º Fanzine Brasileiro, por Gonçalo Jr. Apresentação: Gazy Andraus
14:00 "Novos caminhos para a HQ infantil" – Por César Cavelagna, Christie Queiroz, Carlos Avalone e Julio Magá com projeção de animações. Mediação: Alexandre Silva
15:00 "Brasil e Paraguai unidos pelo traço" – Roberto Goiriz (convidado especial), André Toral e Eduardo Vetillo, conversam sobre suas carreiras e o contexto histórico retratado em suas obras. Mediação: Nobu Chinen
16:30 In Memoriam (homenagem aos artistas falecidos em 2015)
16:40 Entrega dos Troféus Angelo Agostini aos melhores de 2015.

15 de jan de 2016

4 AÑOS

Há 4 anos que o Memorial da América Latina abriu suas portas para a AQC premiar os expoentes dos Quadrinhos e do Cartum no Brasil.
Há 4 anos o jornalista Gonçalo Junior, então gerente de comunicação, gentilmente nos convidou a comemorar o Dia do Quadrinho Nacional lá, no conglomerado projetado por Niemeyer para congregar todos os povos latino-americanos. Irmanados como "hermanos" que somos. E recebemos apoio de João Batista, Marília, Fernando e Cidinha. Fomos recebidos na bela e aconchegante Biblioteca do Memorial.
Nestes 4 anos premiamos muita gente, debatemos bastante e expusemos artes do gibi dos Trapalhões (produzidas no Estúdio Ely Barbosa e editadas pelo Edmundo Rodrigues, dois mestres de primeira grandeza da HQ), artes dos Mestres, Quadrinhos Africanos (com a presença do congolês Jerémie Nsinge) e finalmente, neste ano de 2016, "Cháke - Exposição Brasil-Paraguai - Quadrinhos Historietas Charges Dibujos".
E este é o objetivo primordial do Memorial: promover a "idéia generosa de solidariedade e união latino-americana (...) como as lutas no séc. XIX de Simón Bolívar, José Martí e San Martín por um continente livre e fraterno. A “Pátria Grande” vislumbrada por eles, porém, ficou esquecida no passado. Nos anos 80 do séc. XX, especialmente os brasileiros precisavam redescobrir a América. Os hispano-americanos também pareciam desconhecer a proximidade histórica, lingüística e cultural de seus vizinhos de língua portuguesa."
Alex Silva teve a excelente ideia de focar o Troféu deste ano em um país-hermano, o Paraguai, em exposição e debates. E assim, convidamos Roberto Goiriz, excelente "historietista" paraguaio, que aceitou de pronto (para nossa alegria) e cuidou da curadoria do lado de lá. Eu cuidei da do lado de cá. Goiriz é um artista querido que já trabalhou em Terra Brasilis, publicou na Press e no estúdio Ely Barbosa, onde desenhou a Turma do Gordo. Além dele, a mesa de debates será abrilhantada pelo historiador e quadrinhista André Toral (autor de Adeus chamigo brasileiro), pelo Mestre do Quadrinho nacional Eduardo Vetillo (autor de A retirada da Laguna) e pelo mediador Nobu Chinem (mestre em artes gráficas, pesquisador, historiador e professor de HQ).
Apesar de lamentarmos as desgraças que a Tríplice Aliança (Brasil-Argentina-Uruguai) causou a este país-irmão durante a "Grande Guerra", e de lamentarmos o recente golpe de estado que destituiu o presidente Lugo, sabemos que o Paraguai é parceiro fundamental do Brasil na América do Sul e torcemos para que sigamos juntos, "trilhando caminhos nunca dantes trilhados".
O Paraguai é um país com 400 mil km², com uma população de 6,5 milhões de habitantes, compartilhamos 1.339 quilômetros de fronteira, que vai de Foz do Iguaçu a Corumbá. A aproximação entre nós se deu em 1965 com a construção da Ponte da Amizade, sobre o Rio Paraná (com essa ponte o Paraguai conectou-se, por rodovia, ao Oceano Atlântico).
É isso o que pretendemos com esta exposição, debate e troca de experiências quadrinhísticas, criar mais uma "ponte da amizade" e estreitar ainda mais os laços entre vizinhos, apartados por fronteiras, costumes e língua. Mas além do espanhol, paraguaios falam o guarani, que faz parte do tronco linguístico tupi-guarani. Quando os portugueses chegaram aqui, grande parte das tribos indígenas que habitavam o litoral, falava línguas pertencentes a este tronco.
Portanto, que façamos da linguagem Quadrinhos-Historietas-Charges-Dibujos mais um Tupi-Guarani e tal qual Policarpos Quaresmas saiamos falando assim, línguas de uma mesma família e que nos entendamos muito bem.
Bienvenido Goiriz y bienvenidas las Historietas Paraguayas.

ÚLTIMAS HORAS PARA VOTAR

Dia chuvoso em São Paulo.
O sino da igreja badala meia-noite.
Uma coruja pia agouramente, um relâmpago rasga o céu.
Espinhas se arrepiam.
Assim vai terminar a votação do Troféu Angelo Agostini no dia 15 de janeiro de 2016.
E você, já votou?