30 de set de 2013

Ronaldinho e Neymar Júnior, Apenas Uma Coincidência?

(por Worney Almeida de Souza)

O estúdio de Mauricio de Sousa produz dezenas de histórias em quadrinhos por mês. São muitos profissionais envolvidos entre roteiristas, desenhistas, arte-finalistas, editores e outros profissionais que criam uma dezena de revistas dos mais diversos personagens. As temáticas são as mais diversas e apesar do acompanhamento geral, inclusive do próprio Maurício, algumas escorregadas podem acontecer. A mais recente foi com uma HQ de Ronaldinho Gaúcho e outra de Neymar Júnior.

Pelezinho, Ronaldinho Gaúcho, Neymar Júnior são personificações de jogadores de futebol para os quadrinhos. Ambientados durante suas infâncias, eles só pensam em jogador bola no campinho perto de suas casas. Todos são pré-adolescentes (um pouco mais velhos que a turma da Mônica), vão para a escola, tem uma turminha de amigos, família com irmãos, pais, namoradas e animais de estimação (baseadas nos parentes originais dos jogadores), uma turminha de “inimigos” prontos para impedir que os personagens centrais ganhem uma partida de futebol ou conquistem um objetivo. O curioso é que Maurício de Sousa já tinha proposto a criação de personagens inspirados em Maradona e em Ronaldo Fenômeno nos mesmos moldes, mas não houve acordo com os jogadores.

Atualmente a editora Panini publica revistas mensais de Ronaldinho (atualmente no n°81), Neymar Júnior (no n° 05) e três edições republicando as HQs e as tiras do Pelezinho.

Ronaldinho Gaúcho tem um elemento diferencial que coloca o personagem em viagens fantásticas entre aliens, personagens folclóricos e monstros dos mais variados. Também apresenta divertidas HQs com os dois cachorros bagunceiros da família: Bala e Bola. Mas, no mais, os três personagens têm argumentos e roteiros algo muito parecidos. Podesse interpretar que isso seria fatal, pois os personagens futebolísticos do estúdio MSP têm universos muito parecidos e a consequência pode ser argumentos coincidentes. Assim se sucedeu com a HQ “Só Mais Uma Fase!”, publicada na edição 80 da revista “Ronaldinho Gaúcho” (agosto de 2013) e a HQ “Deixa eu Fazer o Trabalho!”, publicada na edição 05  da revista “Neymar Júnior” (agosto de 2013). Nas duas histórias as irmãs dos personagens principais (Deisi de Ronaldinho e Rafa de Neymar Júnior) têm que usar o computador da casa para fazer um trabalho escolar, mas são atrapalhadas pelos irmãos que querem usar o equipamento para jogar games. O desenvolvimento e as conclusões dos roteiros são um pouco diferentes, mas o argumento central é o mesmo! O incrível é que as duas HQs foram publicadas no mesmo mês, são as HQs principais das revistas e são a capa das mesmas edições!

Uma escorregada e tanto no planejamento editorial e um caso curioso da indústria dos quadrinhos.

Billy The Kid # 19

 
Saiu o n°19 da revista de faroeste “Billy the Kid” (48 pgs, tamanho: 14,5 x 20,5 cm, capa colorida, papel reciclado, R$ 7,00). Editada pelo incansável Arthur Filho por sua editora Opção 02. Nessa edição temos grandes nomes dos quadrinhos nacionais: Ailton Elias (em “Big Ranger, Jim Morgan em o Início”), Joás Dias de Lima (em “Plano Frustrado” e “O Último Tiro”), Francisco Vilachã e Arthur Filho (em “Atire Sempre Primeiro!”), capa de Elthz e Arthur Filho (em “Billy The Kid em Ronda da Morte” e “Billy The Kid em Quem não Procura, Também Acha”).

A revista também conta com dois textos sobre os personagens da família Bonelli: “Duelo em Tex: Preto e Branco x Cores” de Gervásio Santana de Freitas e “Zagor, o Espírito da Machadinha” de WAZ.

“Billy the Kid” n° 19 é uma edição enxuta, bem editada e com boas histórias sobre o western.

Para adquirir escreva para: arthur.goju@bol.com.br   
 

20 de set de 2013

1ª GRAPHIC NOVEL SOBRE TRANSEXUAIS É LANÇADA EM RIBEIRÃO PRETO

Adicionar legenda
A cidade de Ribeirão Preto, localizada no interior do Estado de São Paulo, sai na frente e ficará para a história com o lançamento da primeira graphic novel transexual. Malu – Memórias de Uma Trans é uma história em quadrinhos de Cordeiro de Sá e será lançada no próximo dia 23 de setembro, segunda-feira, a partir das 20h, no Memorial da Classe Operária – UGT. Ao todo são 40 páginas criadas a partir de depoimentos e casos reais do universo LGTB, que nos convidam a refletir sobre identidade, liberdade, plenitude e amor.

A ideia original surgiu quando o autor reencontrou no Orkut a atriz Alessandra Leite, sua amiga de infância que havia se tornado drag queen e começava a trilhar o caminho mais sério para sua transformação física. “Mesmo hétero, sempre fui muito sensível ao LGBT, pois tenho muitos amigos, alunos e mestres homossexuais. Mas acompanhar parte da transformação de minha amiga de infância, de “menino” para mulher, me mostrou que esse processo muito sofrido é também muito rico. Então, fui juntando histórias reais para dar vida à personagem fictícia e dizer o que todo mundo sabe, mas poucos sentem de verdade: independentemente dos corpos que habitamos, somos todos humanos e precisamos de respeito e afeto”, explica Cordeiro de Sá.

A obra tomou forma com a consultoria técnica da transexual Ágatha Lima. Malu - Memórias de Uma Trans não pretende chocar, mas iniciar o diálogo. Feita com uma linguagem contemporânea, com inspiração em cartoons atuais, atinge todos os públicos e diverte enquanto coloca pontos importantes para a reflexão.
O projeto realizado pelo selo RPHQ – Ribeirão Preto em Quadrinhos, com apoio institucional da Atômica Filmes, já nasceu premiado. Em 2012, foi um dos contemplados pelo Programa de incentivo cultural da Secretaria municipal da Cultura de Ribeirão Preto. 

Ao todo serão distribuídos gratuitamente 5 mil álbuns, além da disponibilização de link para download na fanpage https://www.facebook.com/ribeiraopretoemquadrinhos

CORDEIRO DE SÁ - O AUTOR
Cordeiro de Sá (1972) é arquiteto urbanista, artista visual e organizador da coletânea Ribeirão Preto em Quadrinho que, indicada ao Prêmio HQMIX 2013, deu origem ao selo RPHQ. Além de sua atuação cultural  e artística, já foi premiado por suas ações sociais e políticas contra a violência contra a mulher e em favor de direitos das crianças e adolescentes.

SERVIÇO|
NOITE DE AUTÓGRAFO| MALU MEMÓRIAS DE UMA TRANS, uma HQ de Cordeiro de Sá
Data 23 de setembro, segunda-feira
Horas a partir das 20h
Local: Memorial da Classe Operária – UGT
Rua José Bonifácio, 59, Centro
Telefone para mais informações
(16) 99314-5455
Mais informações para imprensa
Erika Daguano
(16) 99172-6500| 98213-5674| 98828-9198

19 de set de 2013

Pré venda da antologia internacional Máquina Zero

Máquina Zero é uma antologia internacional de histórias em quadrinhos, mesclando trabalhos de artistas mundialmente consagrados com novos talentos da arte sequencial. O projeto surgiu com um grupo de amigos e recebeu trabalhos de várias partes do Brasil e do mundo. São Paulo, Argentina, Minas Gerais, Itália, Bahia, França, Pernambuco, Sérvia, Rio de Janeiro, Estados Unidos… A prova de que os quadrinhos não possuem fronteiras!

O que há de melhor nos quadrinhos em 152 páginas trazendo narrativas curtas de ação, suspense, ficção científica e mais.
Apresentando trabalhos assinado por nomes como R.M. Guéra,Salvador Sanz, Flavio Luiz, Eloar Guazelli, Leonardo Maciel,Boulet,Thony Silas, André Leal, Ana Rocha, Wendell Cavalcanti,Jefferson Costa, Lillo Parra e muitos outros. Garanta logo seu! TIRAGEM LIMITADA! Exemplares numerados! De R$ 22,00 por R$ 16,00 em pré-venda. Com frete grátis.
A compra pode ser realizada na loja do Quadro-a-Quadro no facebook, basta clicar aqui.
Pedidos podem ser feitos também através do e-mail maquinazerohq@gmail.com e passamos as informações de como realizar o pagamento.
Formato: 16 x 22,5 cm Capa: cartonada, colorida, com orelhas. Miolo: 152 páginas. Preto e branco. Impresso em papel couché 115 gr.
Lista completa dos autores: Boulet, Salvador Sanz, R.M. Guéra, Eloar Guazzelli, Thony Silas (capa), André Leal, Ana Rocha, Flavio Luiz, Jefferson Costa, Jon Bogdanove (galeria), Julius Ckavalheiyro, Lillo Parra, Pasquale Frisenda (galeria), Raphael Fernandes, Wendell Cavalcanti, Adriano Augusto, Airton Marinho, Aloísio de Castro, Clayton inLoco, Daniel Cesar, Diorge Thomas, Elton Thomasi, Fan, Gilmar, Leonardo Maciel, Lucas Pimenta, Marcello Fontana, Miguel Rude, Erre Rodrigo, Ricardo Tatoo, Sergio Barretto, Wilson Vieira e Will. By Lucas Pimenta (Quadro a Quadro)

18 de set de 2013

Loberval o lobo que não era mau

Lançamento do livro infantil " Loberval o lobo que não era mau" de autoria de Regina Ballmann e ilustrada por Alex Guenther. O livro de 45 páginas formato 20 x 20 cm, trata sobre as diferenças entre os seres, de uma maneira lúdica e divertida, onde um lobo se apaixona por uma cobra. 

O lançamento ocorrerá nesta quarta feira, dia 18 às 19:00hrs na Livraria Catarinense do Shopping Neumarkt em Blumenau. Contamos com sua presença. 

16 de set de 2013

BIRA DANTAS NA XVI FEIRA DO LIVRO DO COLÉGIO DANTE ALIGHIERI

Colégio Dante Alighieri, São Paulo. O bate-papo com o quadrinhista Bira Dantas será com os alunos dos 7ºs anos do Ensino Fundamental, que leram sua adaptação do livro “Dom Quixote” (Escala Educacional).
Dia – 17 de setembro (3ª feira) Horário – 10h00 às 12h30 (3 encontros) Local – Mini auditório

ARQUIVOS INCRÍVEIS DO JOÃO ANTONIO: QUADRIX #01

Quadrix-Seleções número 01, novembro de 1987,abordando Metal Hurlant/Heavy Metal.
"Nos anos 1980 as revistas importadas eram caras e difíceis de achar, especialmente para quem morasse no interior, não esqueçam que internet era coisa de ficção científica. A maneira que tínhamos para saber do que acontecia pelo mundo era pelos fanzines. Um dos melhores era o Quadrix, que era na verdade quase profissional, tinha um belo acabamento, e se fosse impresso em off-set poderia ser vendido em bancas tranquilamente. Por trás dele havia a figura de Worney Souza e Franco de Rosa, ambos conhecedores do assunto. Franco era e ainda é desenhista, jornalista e editor. Esta edição especial de Quadrix, denominada de Seleções, nos apresentou a grande revolução feita por Moebius e seus amigos na revista Metal Hurlant, na França. Projeto que também imigrou para os EUA com o nome de Heavy Metal. Mostro algumas páginas deste fanzine/álbum, que tem em seu miolo um texto de apresentação de quatro páginas, não assinado, mas que provavelmente é de Franco, que foi também crítico de quadrinhos na Folha da Tarde."
Quer receber "Os Arquivos Incríveis" por e-mail? Peça:
jabuhrer.almeida@gmail.com

12 de set de 2013

ENCONTRO DE CARTUNISTAS GAÚCHOS -CARTUCHO- EM SUA DÉCIMA EDIÇÃO

Para maiores informações, vídeos e fotos, acesse o site: http://cartuchosantamaria.wordpress.com
BIRA DANTAS FALA DO CARTUCHO:
"Tenho 50 anos, sou cartunista, quadrinhista e ilustrador desde 1979, há uns 34 anos, creio eu. Gaitista há 14. E foi com minha gaita de boca que fiz um bocado de barulho nas terras gaúchas de Santa Maria, em setembro de 2011. Senti-me muito honrado pelo convite dos organizadores do Cartucho (Encontro dos Cartunistas Gaúchos), e do Máucio em especial. Eu, um paulistano que de gaúcho só tenho o "baita ego". Conheci Porto Alegre em 2009, no evento Caminho do Livro. Lá debati os Quadrinhos Literários com o amigo Rodrigo Rosa e lancei meus D.Quixote e O Ateneu (este com roteiro do saudoso Ronaldo Antonelli). Para nosso prazer, o Rio Grande do Sul lançou nomes como Santiago, Edgar Vasques, LFV -entre muitos outros- neste Movimento da História em Quadrinhos Brasileira.
Mas conhecer Santa Maria foi como entrar no coração desta república sulista, farroupilha, aguerrida e sofrida, com tragédias como a recente na Boate Kiss... Conhecer Santa Maria foi entrar no coração desses cartunistas fantásticos que de tão míticos, fazem história Brasil a fora. Conhecer o homenageado Byrata foi algo além da imaginação. Virei até o embaixador do Xiru na Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas SP, AQC, ACB, Worney, Gualberto e coreanos. Tarefa fácil, haja visto que fui com a cara deste herói dos campos gaúchos, na primeira olhada de esgueio.
Aventura, regionalismos, ficção, ação, dinossauros, peonices, comilança e muito chimarrão, que ninguém é de ferro. Byrata, um mestre do desenho, do roteiro, do humor e falas gauchescas, que tanto agarrei a curtir. O Cartucho foi responsável pelo meu reencontro com amigos de traço: Bier, Eugenio Neves, Wagner Passos, Santiago, Hals, Alisson. E me fez conhecer Máucio, Greice, Henrique, Joel Giruá, Ricardo Freitas, André Macedo, Gilmar Fraga, Geraldo Passofundo, Pomba Claudia, Rafael Correa, Paulo Chagas e tanta gente boa...
Este evento de Santa Maria junta-se a outro grande (o "Cheia de Graça", Salão de Humor) para transbordar pelo Brasil o que os gaúchos têm de melhor: Orgulho de sua terra, de sua cultura. Combatividade na hora de lutar por cada espaço. Arte, que têm de sobra. E principalmente, muito humor.
E eu sigo falando dessa turma, que a moda dos Gauleses, briga de puxar facão, mas está sempre de bem com a vida. Penso até que o Máucio lembra bem o Asterix. Obelix seria o Bier, pelo tamanho e preferência pelos javalis. Inteiros".
Parabéns ao Cartucho, por todos estes anos de luta pela Cultura regional e nacional!

4 de set de 2013

OS ARQUIVOS INCRÍVEIS DO JOÃO ANTONIO: AS ILUSTRAÇÕES DE GRASSMAN E LONGANESI

Marcelo Grassmann e o ilustrador italiano Leo Longanesi
"Dois ilustradores de livros para alegrar as retinas cansadas dos recebedores dos ais: 1) Marcelo Grassmann ilustrando Angústia de Graciliano Ramos, daquelas edições caprichadas da Editora Martins; 2) Leo Longanesi, ilustrando Viaggio in Paradiso, de Mark Twain. O curioso é que a edição é de Longanesi & C, de Milão. Será que o ilustrador também era o editor?"
Contatos: jabuhrer@gmail.com

BIRA DANTAS, CONVIDADO DO FESTIVAL DE QUADRINHOS DA ARGÉLIA

Esta é a sexta edição do Festival que coloca o continente africano em contato com o mundo. Vai acontecer de 08 a 12 de outubro de 2013, na Esplanada "Riahd El Feteh". http://www.bdalger.net
RECADO DO BIRA:
"Se tudo der certo, em outubro estarei na Argélia. Recebi o convite do Festival de BD participar no evento que une o norte da África ao resto do mundo dos Quadrinhos. É uma grande honra representar o Brasil. Agradeço ao Eduardo Pinto Barbier que me apresentou a Dalila Nadjam, em Angouleme em 2011 (ela é presidente do Festival). Barbier incluiu uma HQ minha e de Claudia Carezzato no Festival em 2012 e concorremos ao prêmio projeto Especial. Hoje meu visto foi aprovado junto a embaixada da Argélia, agora é só aguardar o dia 08 de outubro. Obrigado!
Si tout va bien, je serai en Algérie en Octobre. J'ai reçu une invitation de la BD Festival de participer à l'événement qui unit l'Afrique du Nord dans le monde des comics. C'est un grand honneur de représenter le Brésil. Je remercie Eduardo Pinto Barbier qui m'a présenté à Delilah Nadjam à Angoulême en 2011 (elle est présidente du Festival). Barbier présenté moi BD (scenario de Claudia) au Festival en 2012 pour prix spécial. Mon visa a été approuvée à l'ambassade d'Algérie aujourd'hui, maintenant juste attendre le 08 Octobre. Merci!"
EDUARDO BARBIER
Quadrinhista brasileiro residente na França, criou a Le Bouche du Monde, revista franco-brasileira de HQ, em 1991 em Belém do Pará. Editada na França desde 1998, foi selecionada em 2009 e 2011 no Festival Internacional de Quadrinhos de Angoulême (categoria BD Alternativa) e em 2010 na categoria de melhor revista no Festival Internacional de BD de Argel. Ele fez parte do coletivo de editores independentes 4° mundo, ganhador dos prêmios HQ MIX -contribuição do ano -2008; Troféu Jayme Cortez -2009; Bigorna - Contribuição a HQB - 2009; DB Artes - Homenagem especial - 2009. http://eduardopintobarbier.blogspot.com.br Entrevista com Eduardo Pinto Barbier no Blog Quadro-a-quadro: http://quadro-a-quadro.blog.br/?p=2538
HUMOR LIBERTADOR
Hocine Tamou, da organização do evento, fala com grande expectativa do "grande encontro tão esperado com a nona arte (...) e os fãs de quadrinhos estão se preparando para viajar sem fronteiras." Fala também "da experiência acumulada e resultados muito animadores do primeiro evento do gênero (...) chegando agora a visibilidade e consistência." O tema escolhido para o festival: "Caixas e bolhas em delírio."
COREANOS
O Festival da Argélia vai trazer também a 16ª edição do sul-coreano BICOF (Festival Internacional de Quadrinhos de Bucheon), um dos mais importantes da Ásia. Bucheon se destaca por seu Museu do Cartum, a Agência Komacon, a Cidade Cinematográfica e eventos culturais como os Festivais de Quadrinhos e de Cinema Fantástico.
BELGAS
Etienne Schréder, cartunista belga publicado por Casterman, Glénat e Dargaud, oferece um treinamento de cinco dias para os jovens talentos argelinos. Durante isso, os conceitos básicos dos quadrinhos serão abordados: a escrita e o desenho, corte gráfico e o ritmo da narração, como escolher uma história e o que dizer nela... Os princípios do roteiro, os diálogos, as referências e documentação farão parte do treinamento. E uma breve história da evolução dos quadrinhos na Europa, EUA e Ásia.