27 de jun de 2011

PARTICIPE DO PEPPE


(Matheus Moura)
http://www.bigorna.net/?secao=noticias&id=1298289376
O quadrinhista Paulo Miguel dos Anjos lança o terceiro número do fanzine Benjamin Peppe (32 páginas, formato 14,5 x 21 cm, R$ 3,00). Nessa edição, Peppe continua suas aventuras envolto em muito alto astral e saúde por meio de colaboradores como Larçon J. Santos, Aline Leal, Anita Costa Prato e Ronaldo, Adriano Pelaez, Julio Shimamoto, Chagas Lima dentre outros.
Peppe, um amante da natureza e dos esportes, é uma personagem criada por Paulo Miguel em 1973 para o jornal da escola em que estudava na época. De lá para cá, Peppe já divulgou marca de relógio (em 1974 na Suíça), foi publicado em jornais como Gazeta da Zona Noroeste (SP), Notícias Populares (SP), Hora do Povo (SP), Jornal Tribuna de Guarulhos (SP), Jornal Barlavento (Portugal) dentre outros. Recentemente teve duas edições publicadas pela Júpiter II, de José Salles, chegando até mesmo a ser editado em países como Espanha, Itália, Cuba e América Latina.
Para saber mais sobre o personagem ou encomendar suas edições escrevam para
anjospaulo@zipmail.com.br
benjaminpeppe@gmail.com
Ou acessem o Blog
http://www.jupiter2hq.blogspot.com

AMANHA, BIRA DANTAS GRAVA PROGRAMA EM HOMENAGEM A HENFIL

"Bira, queremos convida-lo a participar na TVT do Programa Memória e Contexto, um bate-papo sobre a história de alguns movimentos sociais. Iremos gravar uma edição para falar sobre o Henfil e também um pouco do mundo do cartum.
Gravaremos no dia 28/06, às 16h, aqui na TVT."
Willian Assaf
Produção TVT
http://www.tvt.org.br

Puxa, Henfil...
De Minas para o Rio!
Do Rio para o mundo!
http://caricasdobira.blogspot.com/2008_12_01_archive.html
Um dos mais influentes chargistas do Pasquim.
Foi um dos chargistas e quadrinhistas mais originais, criativos e combativos que este país já teve. Dono de humor extremamente irônico, foi diretor de cinema (Tanga, deu no New York Times), escritor (Diário de um Cucaracha, Cartas pra mãe, Henfil na China antes da Coca-cola) e apresentador de TV (TV Homem). Cativou a todos por seu traço rápido e expressivo, além do humor irônico e corrosivo. Suas caricaturas pareciam desenhos caligráficos, assinaturas geniais e pessoais.
Defensor do Humor engajado, colaborou com movimentos sociais e sindicais. Ilustrou cartilhas para vários sindicatos, incluindo o dos Metalurgicos do ABC. Foi fundador e fez campanha para candidatos do PT.
Ele arrancou lágrimas de milhares de pessoas em 1988, ao perder a luta contra a AIDS, doença contraída ao receber transfusão de sangue. Era hemofílico (como Betinho e João Mário, seus irmãos também mortos pelo sangue contagiado). O ministério da saúde da ditadura brasileira alegava ser muito caro examinar o sangue que era doado aos hospitais.
Grauna, Bode Orelana, Zeferino, Fradins, todos seus personagens seguem fazendo historia.
Em nossas memórias e neste mundo ai de fora...


ATENEU EM QUADRINHOS, 25 JULHO
LANCAMENTO NA FNAC CAMPINAS (SP)

Segunda
19h
Bira Dantas e Ronaldo Antonelli realizam bate-papo sobre o livro seguido de autógrafos.
Mais detalhes do lancamento na HQ Mix Livraria no Blog:

O livro O Ateneu (Escala Educacional) de Raul Pompéia, roteiro de Ronaldo Antonelli e ilustrações de Bira Dantas; apresenta o romance mais popular de Raul Pompéia, a obra traz o drama de um menino que, arrancado do lar, é enviado para um internato. Com o belo roteiro e traços divertidos e coloridos, esta adaptação para quadrinhos aproxima o jovem leitor do estilo realista da obra original.
http://ateneuhq.blogspot.com

ROBERTO GUEDES LANCA ALMANAQUE #3 DO METEORO

Belíssima capa desenhada por Sebastião Seabra, com cores vibrantes de Zé Borba.
– Na história de abertura “Doce Beijo, Amarga Decepção”. Roger Mandari e a turma do Colégio Central vão assistir a um show aparentemente imperdível em uma badalada casa de espetáculos; porém as coisas não são o que realmente aparentam, e o Mascarado Voador se envolve numa grande “gelada”. O roteiro é do bacanão aqui, enquanto que a arte fica por conta da dobradinha Claudio Vieira/Emir Ribeiro. Este último é bem conhecido dos fãs e dispensa maiores apresentações; enquanto que Vieira é um desenhista que há anos atua no ramo da animação, inclusive com serviços prestados para a Disney.
– Mas as coisas não param por aí para Roger! A segunda HQ de Meteoro, intitulada “Zax, O Meteoro Humano” é pra lá de inusitada e divertida! Mais um roteiro meu com arte“cartunesca” do inigualável Marcelo Borba! WOW!
– Mantendo a tradição de sempre trazer personagens convidados em suas páginas, o AM 3 apresenta duas HQs inéditas produzidas especialmente para a revista. Uma delas é “Jonni Star” (pela dupla John G. Pierce/Emir Ribeiro), protagonizada pela super-heroína homônima, oriunda do circuito independente americano, criada por Pierce – um dos mais respeitados estudiosos dos Quadrinhos da Era de Ouro, com artigos publicados em revistas como Alter Ego e Comic Buyer’s Guide. A outra é “O Natal de Chet” (com o clássico caubói dos tempos da Editora Vecchi), assinada pelo jornalista e roteirista Wilde Portella, com desenhos elegantes de A-Lima.
– Encerrando a parte de Quadrinhos, o cigano Zan-Garr da Valakia enfrenta a sensual e mortífera Lilith, a Rainha Vampira em “O Templo da Morte”, com arte magistral do prodígio revelação Fabio Cerqueira.
– Desta feita, o endiabrado Cesar Brito entrevista o astro Primaggio Mantovi, criador do Palhaço Sacarrolha, autor de livros sobre faroeste e de incontáveis HQs Disney, e de personagens como Topo Gigio, Recruta Zero etc.
– Steve Englehart, o mais aclamado roteirista de super-heróis dos anos 1970, faz muitas revelações surpreendentes numa entrevista exclusivíssima, a respeito de seu período à frente dos principais títulos da Marvel e DC Comics, enveredando, no processo, por Política, Aviação, Ocultismo e Sociedades Secretas.
– Por fim, para quem gosta de visitar sebos de revistas, a coluna de Gérson “Homem-Mofo” Fasano fornece muitas informações importantes sobre o formatinho Speed Racer, com histórias oriundas de um magazine argentino – pura raridade dos anos 1970!
A tiragem do Almanaque Meteoro é limitada.
Para adquirir um exemplar, basta entrar em contato pelo e-mail
guedesbook@gmail.com
O preço é o mesmo para qualquer parte do Brasil, com frete já incluso.
Almanaque Meteoro 3 – Guedes Manifesto Produções Editoriais
Editor: Roberto Guedes – Formato italiano (16 x 23 cm) – 52 páginas
Capa colorida, papel cartão supremo 250g
Miolo P/B, papel offset 90g – R$ 7,00

22 de jun de 2011

MUDANÇAS NO TROFÉU ANGELO AGOSTINI


(Bira Dantas)
1. O Worney nao quer mais carregar o piano da organização do Premio.
Apesar do ultimo ter sido o mais elogiado dos últimos tempos, tendo ate' a Exposicao de Caricaturas em homenagem ao AA.
Worney vai continuar na direção da AQC (essa rapadra ele nao larga -rs), mas nao quer chegar aos 60 anos (esta' perto, hein?) organizando (e bancando) a cada ano o evento.
Eu propus que a gente rachasse os custos operacionais e que a gente dividisse mais as tarefas, mas o fato e' que o quase 'bom velhinho" quer descansar...
Worna's se dispõe a passar o caminho das pedras tim-tim por tim-tim pra quem se aventurar nessa parada.
Eu acho que pra segurar essa peteca tem de ser alguém de Sampa, com disponibilidade de correr atras dos pepinos.
Acho que pode ser alguém da AQC, mas se o Franco de Rosa topasse, eu assinaria embaixo.
Assim esta' aberta a temporada de indicações para organizador do Trofeu Angelo Agostini, que podem ser feitas direto no Blog ou pelos e-mails:
-
Worney: produtoraculturalwaz@yahoo.com.br
Bira: biradantas@globo.com
-
2. O Baraldi propos que o Premio AA nao repita premiacoes, mesmo com votos chegando por correio ou e-mail.
Eu assino embaixo. A regra seria: o máximo de 3 premiacoes por categoria.
O voto e' aberto aos leitores, a forma mais democrática em votações do gênero, mas causa distorções por conta das campanhas (naturais) na internet e da popularidade do trabalho de alguns artistas. Isso acaba inibindo o reconhecimento de dezenas de outros artistas. Outra confusão que muita gente faz e' dizer que e' um absurdo Mestres como fulano ou beltrano nao ganharem, ja' que sao reconhecidamente fantásticos. Mestre so' ganha uma vez. Nao teria sentido, com tantos Mestres ainda sem prêmio, alguns ganharem todo ano. Essa regra ja' esta' definida nas regras da votação. Vejam, que e' uma questão diferente das outras categorias. Um artista de HQ, fanzineiro, jornalista, editor ou agitador cultural pode ter um ano com uma bela produção e no outro ano, nao. E' natural que a gente lembre de alguém que lançou tanta coisa ou produziu tanto num ano, e que vote nele.
Ja' o Mestre e' reconhecido pelo que representou e representa para quem curte Quadrinhos.

3. O Blog da AQC esta' se tornando referencia para muitos contatos (inclusive internacionais) e avisos do que esta' sendo lançado no mercado de Quadrinhos, por isso algumas postagens terão versão em inglês e vamos criar uma seção para Lancamentos e Links enviados por e-mail. Por isso, enviem suas noticias com flyers e releases pra gente postar no Blog.

20 de jun de 2011

AQC SIGNS MOU WITH KOMACON





(By Worney Souza)
With the presence of Worney, Bira Dantas, Eder Santos and Vasqs.
-
1) Was signed (by AQC-ESP chef-director) a cooperation agreement between our brazilian cartoonists association and korean Komacon to exchange information, experiences, contacts and activities. The act was photographed and the photos and the signed document will be sent to Korea. The first act was to appoint Bira Dantas as AQC representant to participate in August, on the Bicof (Bucheon International Comics Festival).
-
2) Cartoon and Comics Magazine "Picles # 01 edition. We have received 30 works done by 12 artists. The material has very good quality (ideas, arguments and art). Franco de Rosa will create the magazine's cover, and a magazine sample to negotiate with publishers. Fernando dos Santos will do the layout. The works' quality and quick response, proves that the theme was right and that also reflects the possible interest of the public.
-
3) About 28 Ângelo Agostini, Worney told that he will no longer organize the event, but is willing to share the entire operation to his successor on continuing the activity.
-
4) Another discussed point was the end of the website Bigorna. It was suggested that AQC's blog becomes a national release page.
-
5) Worney was gifted by Bira with many BD (Comics) editions brought from Angouleme by Bira Dantas, this january.
Angouleme Comics Festival is one of the greatests in the world.
-
6) We talked about the importance on participating in International Contests and Expositions as Brazilian Parallel Cartoon Exposition in Sicaf and William MR (AQC member)'s running for votes on Sicaf Web Contest. Bira is participating on Cartoons Expositions in Croatia (Blues Festival), Italy (Fratelli and Trasimeno Blues Fest), Girona (Spain), Sardegna and Sicaf.

18 de jun de 2011

Resumo da reunião da AQC dia 11/06/2011

(Por Worney A Souza)
Presentes: Bira Dantas, Eder Santos, Vaqz e Worney.
-
1) Foi assinado (pelo Worney como representante da AQC-ESP) um Acordo de Cooperação entre a associação e a Komacon para trocar informações, experiências, contatos e atividades. O ato foi fotografado e as fotos e o documento assinado serão enviados para a Coréia. O primeiro ato foi nomear o Bira Dantas como representante da AQC para participar, em agosto, do Festival de Quadrinhos de Bucheon.
-
2) Revista “Picles” 01. Até agora recebemos 30 trabalhos de 12 artistas. O material é de boa qualidade, tanto de argumentos, como de arte. O Franco de Rosa fará uma capa boneco para negociar com as editoras. O Fernando dos Santos vai fazer a diagramação. Pela qualidade dos trabalhos e pela rapidez com que reunimos todos esses trabalhos, só mostra que o tema escolhido foi acertado e que também reflete o possível interesse do público.
-
3) Sobre o 28º Ângelo Agostini, o Worney declarou que não vai mais organizar o evento, mas se dispõe a passar toda a operação aos interessados em continuar a atividade.
-
4) Outro assunto foi o fim do sítio Bizorna. Foi sugerido que o blog da AQC passe a ter uma página só para noticiar lançamentos nacionais.

9 de jun de 2011

CARTA DE AGRADECIMENTO

"Prezada Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo, a Divisão de Desenvolvimento e Capacitação de Recursos Humanos, em nome da Secretaria de Finanças, vem respeitosamente agradecer sua participação no evento "Semana da Mulher em SF" com a criação de caricaturas de servidoras para, nele, serem expostas. Gostaríamos de agradecê-la pela parceria e contribuição para a realização de um evento de sucesso com uma ótima aceitação do público presente. Ficamos imensamente gratos e deixamos aqui em aberto sempre o nosso convite para os próximos eventos e atividades."


ANDREZZA KARINA DOMINGUES
Divisão de Desenvolvimento e Capacitação de Recursos Humanos - DICAP/
COADMSecretaria Municipal de Finanças

NESTE SÁBADO, REUNIÃO DA AQC EM SAMPA

Na Biblioteca Municipal Monteiro Lobato.
Rua General Jardim, 485, próximo ao Metrô República.
No dia 11 de junho, sábado, a partir das 14h
Todos estão convidados!

A Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo (AQC-ESP) convida a todos os interessados para uma reunião que discutirá os seguintes assuntos:
1) Edição da revista "Picles" 01
2) Assinatura de MOU (Contrato de Cooperação e Troca de Informaçoes Cartunisticas e Quadrinhisticas) com os Coreanos da Komacon (com os quais mantivemos contatos em Janeiro deste ano em Sao Paulo):
"Este acordo, feito no dia 11 de Junho de 2011, entre AQC-ESP e Komacon, Associacao e Agencia de Quadrinhos Coreanos.
A intenção deste acordo e promover trocas culturais e cooperação baseada nos temas Cartum e Quadrinhos entre as duas entidades, brasileira e coreana.
AQC e Komacon objetivam o desenvolvimento industrial e cultural baseados no mercado de Cartuns e Quadrinhos:
1. Trocar informações sobre Cartum e Animacao.
2. Estimular o desenvolvimento e suporte de projetos mutuos.
3. Promover negocios que ajudem a industria do Cartum e da Animacao a crescer em todos os planos."
Mais detalhes aqui:
http://aqcsp.blogspot.com/2011/01/coreanos-invadem-sampa-e-se-reunem-com.html
Bira Dantas foi convidado (leia carta abaixo) a ser um palestrante no BICOF (Bucheon International Comics Festival) e a representar a AQC na entrega do MOU. O evento acontecera' em agosto, na Coreia do Sul.
3) 28º Angelo Agostini.


CARTA DA KOMACON:
"Hello, Bira
How are you doing?
Thank you for letting me know the progress of MOU.
It's great to hear that AQC and Korea cartooninst association reached MOU.
Regarding Mou agreement, Komacon has one idea. let me tell you later.
Actually I was about to send you email to ask your opinion.
This year, Bucheon will hold its comic festival from 17 Aug to 21 Aug with the theme of digital comics.
For this event, I'd like to invite you as speaker guest. You can present current situation of Brazil digital comics. Probably we can adjust the subject after discussion.
So please check your schedule and let me know your preference first.
And if you can come to South Korea, you can represent AQC so that we can host ceremony to reach MOU in Korea. How about this idea?
Then hope to hear you very soon.
Best wishes"
Sophie Jang

Office: Int'l Comic artist Conference (ICC) Secretariat,
Contents Business Team,
Korea Manhwa Contents Agency (KOMACON)
E-mail: sophie@komacon.kr
http://www.intercomicon.org
sophie7979@hotmail.com

MEMBRO DA AQC CONCORRE A PREMIO NO SICAF

Seoul International Cartoon and Animation Festival.
O cartunista e quadrinhista William Martins Ribeiro concorre na categoria Ilustracao Digital.
Veja no Blog o seu trabalho:
http://williammrsai.blogspot.com/
Para votar, acesse:
http://sicaf-idcc.org/bbs/board.php?bo_table=eng&wr_id=39&sca=illustration

LANCAMENTO DE O ATENEU EM QUADRINHOS
DIA 11
JUNHO
SÁBADO
19:30
POR:
BIRA DANTAS
RONALDO ANTONELLI




NA HQMIX LIVRARIA
PRAÇA ROOSEVELT Nº 142
Centro - São Paulo - SP
TEL (11) 3258 7740
http://www.facebook.com/event.php?eid=217276358303717

REVISTA EM QUADRINHOS CAFE ESPACIAL#09
As 20h30, também na HQMix Livraria:
Lancamento da revista Cafe Espacial
Com a presença de Sergio Chaves, Lidia Basoli, Lese Pierre, Sissy Eiko e Jefferson Cortinove!

A nona edição da revista Café Espacial traz as HQs:
Bukowski, por Liber Paz
o passageiro, por Susa Monteiro (Portugal)
criação e técnica da prosa moderna, por Loris Ziggiotto (Argentina)
porque é este o meu ofício, por Paulo Monteiro (Portugal)
E também:
café literário: os nossos, por Jana Lauxen
café literário: desbotado, por Sergio Chaves
além do cinema: Irmãos Marx, por Lídia Basoli
arte revelada: minha janela redonda, por Sissy Eiko (e Elisa Andrade Buzzo)
à deriva (poemas visuais), por João Nicodemos,
literando: Ernesto Sabato (por Lielson Zeni) e Machado de Assis (por Vanessa Rodrigues)
caféina pura: entrevista a banda potiguar Camarones Orquestra Guitarrística, por Sergio Chaves e Lídia Basoli.
A capa é do artista Lese Pierre (o mesmo da edição 01).
Descrição: 60 páginas, formato 14×21cm
Capa colorida e miolo em preto e branco em papel reciclado.
Valor: R$ 6,00 + R$ 2,00 para despesas postais.
Pedidos pelo site
http://cafeespacial.wordpress.com/2011/06/01/cafeespacial09

NESTE DOMINGO, REPRISE DE BATE-PAPO COM BIRA NA TV SECULO 21
http://www.tvseculo21.org.br/blogs/tv
Paulo Escudeiro apresentou o programa (a ser reprisado neste domingo, as 9 da manha) "Point 21 Oficina" sobre grafitti, pixacao, arte e cartum com o cartunista Bira Dantas, a professora de Arte Urbana da Unicamp Sylvia Furegatti e ao fundo, o DJ Ms Jay.
Pintaram "ao vivo" os alunos da Unicamp (Tiago Malagodi Fábio Lopes e ,João Yukio) e os grafiteiros Fer, Mirs e Bozone (que inclusive pintaram um cartum de Bira sobre o tema "Pixar ou nao pixar").
A Banda do programa tem um ótimo repertório e o guitarrista tem uma pegada bem blueseira.
Em breve estará' postado no youtube ou no site do Programa:
http://www.tvseculo21.org.br/tv
Aqui, um dos cartuns feitos por Bira sobre pixacao:

Clique na imagem para ampliar.
E no fotolog do autor, outro cartum:
http://www.fotolog.com.br/bira2009/56406237

6 de jun de 2011

FIM DO SITE BIGORNA


(Bira Dantas)
Desde maio de 2006, até maio de 2011, escrevi 70 artigos falando de Quadrinhos, Cartuns, Política, Música, Ensino e tantas outras coisas em minha coluna Birazine. Gentilmente convidado por Eloyr Pacheco, criador de um dos sites mais democráticos da web.
Durante 5 anos, arregacei mangas para teorizar sobre minhas experiências nacionais e internacionais na área do cartum e da caricatura.
Tive o apoio do super-competente (e paciente) Humberto Yashima, que editou e diagramou até bate-papos virtuais, como na minha produção de O Ateneu em Quadrinhos, junto com Ronaldo Antonelli e os palpites de João Antonio Buhrer, Nei Lima e Vilachã.
http://www.bigorna.net/index.php?secao=birazine&id=1244422722
Quando o Eloyr passou o site para o cartunista Marcio Baraldi tocar, achei que estava em boas maos.
Baraldi alem de parceiro na luta e defesa do Quadrinho Nacional tem uma disposição danada para viabilizar projeto pessoais (como seus vários livros de HQ, sucessos de vendas), como o Festao do Baraldao e o Trofeu Bigorna. Ele também foi um dos grandes apoiadores e defensores do Trofeu Angelo Agostini e da AQC-SP.

Foi uma grande surpresa quando li o artigo do Baraldi:
"Bigorna suspende atividades"
29/05/2011
http://www.bigorna.net/index.php?secao=artigos&id=1306717371

Eu compreendo a bronca do Baraldi, um descontentamento pela situação dos Quadrinhos brasileiros nas BANCAS.
Mas ele nao pode generalizar esta critica para o mercado como um todo ou ainda, desmerecer o trabalho de brasileiros no mercado norte-americano.
Entendo que ele deve estar sobrecarregado ("ninguém mais aqui tem tempo para o site"), e como os personagens que incorpora, não poderia sair da chefia do site Bigorna (posição que ele desempenhou muito bem, desde que Eloyr e Humberto Yashima lhe passaram o bastão) à francesa. Por isso um artigo de despedida "daqueles", digno do seu alter-ego, o ex-apresentador de programa Banca dos Quadrinhos.
Eu entendo a postura do Baraldi ao escrever um artigo de despedida tão grandeloqüente, repleto de críticas ao mercado consumidor, editor e produtor de Quadrinhos.
Porém discordo frontalmento do cenário de "desmoronamento" que foi desenhado ali...
Na mesma página inicial do Bigorna vemos que o Baraldi está preparando o lançamento de dois livros em Quadrinhos: "RAP DEZ" e "Euriko".
Até porque o mercado consumidor de Quadrinhos já migrou para as livrarias e internet há muito tempo.
Eu tenho publicado uma adaptação literária por ano, pela Escala Educacional (estou indo pro quarto título), publico tiras do Tatu-man há 6 meses no Correio Popular de Campinas, publico charges e tiras em 5 jornais sindicais (Sinergia, Sindipetro SP e NF, Sindae e FUP) publico caricaturas no Blog do TEX e nos vários outros que mantenho na WEB.
Tenho visto nomes como Zé Aguiar, Caeto, Raphael Albuquerque, Spacca, Custódio, Mutarelli, entre dezenas de outros, publicando seus livros por editoras que pipocam do Oiapoque ao Chuí.
Isso é um mercado desmorando?
Eu não acho.
Acho que é um mercado em mutação.
É claro que se pudéssemos ver todo esse material nas bancas seria uma maravilha.
Mas pra quem?
Pros nossos próprios olhos?
Pros nossos umbigos?
Simplesmente porque, exceto os autores, seus familiares, colegas de categoria e colecionadores, ninguém iria comprar.
Só sobrou Mauricio de Souza nas bancas porque é só isso que o público que vai até a nossa velha companheira, quer comprar.
O que o Mauricio tem mais que o Ziraldo?
Nada.
Ziraldo é um cartunista de sucesso, com fama internacional, empreendedor criativo, excelente criador de personagens, ótimo editor, tem nome e suas seções de autógrafos criam filas com milhares de pessoas.
Por que Menino Maluquinho e suas outras revistas pararam de vender na banca?
Como canta Nando Reis: "NÃO TEM EXPLICAÇÃO."
A culpa não é do Ziraldo, nem da equipe que fazia o gibi, nem da editora Globo, nem do dono da banca, a culpa é do leitor que não quis mais comprar gibi, oras. Maurício foi mais competente para continuar singrando os mares. Foi e merece todos elogios rasgados que Baraldi fez a ele.

SOLAMENTE MAURICIO?
Epa, o nobre guerreiro dos Quadrinhos, Tony Fernandes, mantem sua revista "Apache" nas bancas, e deve invadi-las com uma revista de Cartuns. E a revista MAD, que agrupa um ótimo time (Baraldi incluso) de cartunistas brasileiros, veteranos e novatos?

LBQ
Quando publiquei Memórias de um Sargento de Milícias (com Indigo, Maurilio e Caio) estava doido pra ver nas bancas. A coleção da Escala Educacional (com Vilachã, Josmar e Ronaldo Antonelli) era vendida lá, no meu paraíso de sempre. Em 1977, com 13 anos eu trabalhei numa banca, entregando jornal e tomando conta da dita cuja. Eu tinha uma cota dos gibis que sobrassem, além da coleção Mitologia da Abril e de um parco salário. Em 1980, quando desenhei os Trapalhões para a Bloch, era lá que eu encontrava minhas HQs publicadas. Em 1988 a Tralha (onde participei com Marcatti, Mutarelli, Baraldi, Gualberto e Glauco Mattoso) foi pras bancas de todo o país. Em 2005, estava crente que era lá que as pessoas iria adquirir seu exemplar. Foi quando a editora avisou que a coleção Literatura Brasileira em Quadrinhos seria vendida diretamente nas Escolas. Só uma pequena parte da edição foi pras livrarias.
O motivo era evidente. Distribuídos em todo o Brasil, o encalhe foi gigantesco, já as escolas lutavam para ter as revistas em suas dependências.
Meu Dom Quixote teve 80.000 exemplares, já está na segunda impressão.
Não acho que isso seja um desmoronamento.

Entendo os motivos para o Baraldi congelar o site, mas não concordo com a frase:
"É uma vergonha que seja preciso que um animador brasileiro vá trabalhar num conglomerado dos EUA para fazer um filme sobre araras do Rio de Janeiro, quando deveríamos fazer zilhões de animações sobre nossa própria fauna e cultura aqui dentro do Brasil mesmo"
O Núcleo de Cinema de Animação de Campinas fez filmes até com a colônia Guarani que vive numa Area de Proteção Ambiental de São Paulo. O Anima Mundi apresenta dezenas de animações brasileiras que falam de tudo, até da nossa fauna e flora. Não são longa-metragens, não são super-produções, mas estão aí na internet.
Assim como dezenas de sites de Tiras em Quadrinhos, que viram livros, vendidos (e esgotados pela) web.
As pessoas não querem mais comprar gibis nas bancas.
É uma pena, mas é a realidade.
Vamos ficar parados?
Nem um minuto!
Taí o Quarto Mundo que não me deixa mentir.
Mercado de Quadrinhos quem cria somos nós!
Nossa força -e traço- é nossa voz!